O “fair play” financeiro (FFP) visa melhorar a saúde financeira global do futebol europeu de clubes.

De acordo com o novo modelo de Fair Play Financeiro anunciado pela UEFA, em vigor desde junho deste ano, os clubes filiados poderão gastar até 90% das receitas totais na temporada 2022/2023; 80% na temporada 2023/2024 e 70%, a partir da temporada 2024/2025.

De acordo com estudo realizado em 2021, apenas quatro dos vinte clubes brasileiros, à época na Série A do Campeonato Brasil, enquadrariam-se nas regras do Fair Play Financeiro espanhol, desconsiderando receitas com vendas de atletas.

A Liga do Brasil (LIBRA), criada por Corinthians, Flamengo, Palmeiras, Red Bull Bragantino, Santos e São Paulo, estabelecerá o Fair Play Financeiro no futebol nacional, conforme apurado pela GOAL.

Índice:

Para que serve o Fair Play Financeiro?

Quais ligas têm Fair Play Financeiro?

Tem Fair Play Financeiro no Brasil?

Como funciona o Fair Play Financeiro na Premier League?


Para que serve o Fair Play Financeiro?

O “fair play” financeiro (FFP) visa melhorar a saúde financeira global do futebol europeu de clubes.

Quais ligas têm Fair Play Financeiro?

A Liga do Brasil (LIBRA), criada por Corinthians, Flamengo, Palmeiras, Red Bull Bragantino, Santos e São Paulo, estabelecerá o Fair Play Financeiro no futebol nacional, conforme apurado pela GOAL.

Tem Fair Play Financeiro no Brasil?

De acordo com estudo realizado em 2021, apenas quatro dos vinte clubes brasileiros, à época na Série A do Campeonato Brasil, enquadrariam-se nas regras do Fair Play Financeiro espanhol, desconsiderando receitas com vendas de atletas.

Como funciona o Fair Play Financeiro na Premier League?

De acordo com o novo modelo de Fair Play Financeiro anunciado pela UEFA, em vigor desde junho deste ano, os clubes filiados poderão gastar até 90% das receitas totais na temporada 2022/2023; 80% na temporada 2023/2024 e 70%, a partir da temporada 2024/2025.

Última Atualização: 24/12/2022